Nem Sempre Tão Normal

by Vivendo do Ócio

/
1.
2.
02:21
3.
03:23
4.
5.
03:13
6.
7.
8.
03:14
9.
02:23
10.
02:37
11.
12.
13.
14.

credits

released May 28, 2009

tags

license

all rights reserved

about

Vivendo do Ócio Salvador, Brazil

Depois de três anos desde “O Pensamento é um imã”, a Vivendo do Ócio, que agora é uma banda 100% independente, acaba de lançar "Selva Mundo". Com produção de Fernando Sanchez e Curumin, o novo disco reúne toda a experiência e influências musicais que a banda acumulou ao longo de quase nove anos de carreira. ... more

shows

contact / help

Contact Vivendo do Ócio

Streaming and
Download help

Track Name: Terra Virar Mente
(Luca Bori)

Uma vida sem satisfações, um olhar insatisfeito destrói minhas razões
Se hoje digo estar certo, amanhã posso acordar errado

Como um pássaro sem asas
Como uma vida sem destino

Cair é aprender a seguir, encontrei alguém para poder me distrair
Mas esse alguém um dia se foi e todo meu amanhã mais uma vez quebrou

Como um pássaro sem asas
Vive a vida sem destino

Meus passos seguem em frente, faz a Terra virar mente
Ao atirar a pedra encontrei a minha reta
Não há destruição aqui, a cada meia hora ver brilhar
Teu sorriso ao acordar, não mais admirar

Pare pra pensar por dois segundos, será que valeu apenas achar o novo mundo?
Máquinas que seguem a construir transformando o verde em cinza, eu tento não
notar

Não me diga que esse filme
Não terá um final feliz

Meus passos seguem em frente, faz a Terra virar mente
Ao atirar a pedra encontrei a minha reta
Não há destruição aqui, a cada meia hora ver brilhar
Teu sorriso ao acordar, não mais admirar
Track Name: Oh, Não!
(Jajá Cardoso/Luca Bori)

Não aguento mais, cansei de olhar pra trás
E pras pessoas que só ficam a pensar no que é certo
Quem faz minha verdade sou eu!
Não estou nem aí se você vai reparar na cor da camisa que eu vestir

Pensei que tudo iria mudar
Mas me enganei
Você ganhou dessa vez
Oh não! Agora eu já sei
Sua tática de me prender
Pode falhar dessa vez

Mais um dia de sol e espero pra sair
A chuva não vai mais chegar
Eu penso em te ligar
Melhor ficar aqui a ler o meu jornal
Eu não entendo nada que se passa nesse jogo

Oh não! Agora eu entendi
Você vai hesitar, mas tem que concordar
Por que eu sei, você também tem seus motivos
Esqueça tudo isso e então vamos dançar

Talvez tudo que eu disse não tenha sentido
Meu bem, não se preocupe que depois eu te explico.
Track Name: Meu Precioso
(Jajá Cardoso)

As luzes me mostram a direção que eu devo ir
Tento imaginar aonde você deve estar nesse momento
A música no rádio me faz sentir ter você aqui por um instante

Ah... Não devia ter sido tão rude
Não devia ter bebido tanto

Mas nada justifica esse ato tão cruel
Eu entendo sua raiva, meu bem
Você não tinha o direito de me deixar daquele jeito

O café gela me dá mais algumas horas
Eu fico esperando que você me traga de volta
Sorrindo dizendo que tudo não passou de brincadeira

É nisso que eu tento acreditar
Meu bem, é tudo que eu quero acreditar!

Eu te dou meu coração como resgate
E assim ficamos em empate
Poderia me xingar, me bater, me difamar...
Mas roubar o meu Blue Label foi pior que uma punhalada no peito

Eu te dou meu coração como resgate
E então ficamos em empate
É justo que não aceite a minha sugestão
O seu vicio vale mais... Vale mais que o meu coração
Track Name: É Melhor Pensar Duas Vezes
(Jajá Cardoso)

Pode ir e só volte quando você ver a porta aberta
Dizem por aí que você anda louca dizendo que sou eu a pessoa certa
Agora está sentindo na pele
Se lembra quando eu me rastejava por você?
Só faltava me pisar...

A gente faz aqui e paga aqui
E o troco vem todo em moedas que você não pode trocar
Se falar comigo de novo posso até te dar um soco
Acho melhor não... Tenho amor as minhas mãos

Pode achar que eu sou um bêbado, idiota, sem noção
Acredite, eu sou um pouco mais do que você imagina
E esse teu olhar de desprezo só faz com que eu me sinta cada vez melhor

Mas eu vou repetir que eu só não quero que você fale comigo de novo
Que eu sou capaz de te dar um soco
Acho melhor não... Prefiro vodka com limão
Acho melhor não! Prefiro ir pro bar encher a cara até...
Track Name: Dilema
(Jajá Cardoso)

Minha vida, minhas concepções
Sempre duvidei que você aceitaria
Sua intolerância me faz cada vez mais
Um refém de mim mesmo

Há uma semana atrás tentei te dizer
Você não quis me ouvir falou pra esquecer
E que não dá mais, não iria adiantar eu falar
Agora sei que nunca vai entender
Todas as coisas que escrevi irão morrer
Eu vou apagar da minha memória junto com você

Sem mais, eu não pretendo mudar por você ou pra você
Não quero mais me enganar
Tudo que eu desejei, foi estar ao seu lado
Mas só querer não é o bastante, mas...

Há uma semana atrás tentei te dizer
Todas verdades que tentei esconder
Me sufocava, mas não iria adiantar eu falar
E a saída agora é me convencer
Que ao teu lado não iria mais ter
Motivos ou razões pra tentar continuar a viver
Track Name: Fora, Mônica
(Jajá Cardoso)

Eu só tentei te ajudar
E te dar o que você não fez por merecer
E dessa vez mais uma chance seria um grande erro a cometer
Logo você que andava por aí, pelos lugares mais sórdidos dessa cidade imunda
E nem se que me ligava pra dizer que só iria voltar na segunda

Escuta aqui sua maluca!
Não vou mais ficar dando uma de otário
Tá pensando que eu só o quê pra me fazer de gato e sapato?
E de uma vez por todas essa história agora terá um fim
As suas roupas vão voar pela janela
Pode esquecer de mim!

Além de tudo eu já tentei mudar só por causa de você
Cortei o cabelo e até whisky 20 anos eu comprei só pra te satisfazer
Agora eu vejo, não importa o que eu faça, você nunca deu valor
Eu já estou de saco cheio dessa merda
O meu amor por ti já se esgotou

Agora escute, Mônica!
Não vou mais ser o seu escravo
Quem você pensa que é? Eu não mereço tanto esculacho!
Não adianta se jogar aos meus pés!
No seu teatro eu não caio mais
As suas coisas vão voar pela janela
Caia fora e me deixe em paz!
Rapa daqui!
Track Name: Seja Como Quiser
(Luca Bori)

Eu tiro meu chapéu para quem sabe ser feliz
Em momentos difíceis sabe contornar toda situação

Agora não se importe
Se as pessoas pensam que você é um idiota
Apenas olhe com sorriso nos dentes
E não diga, não diga nada!

Eu sigo seus conselhos para viver algo que não sou
Certa vez alguém me disse:
- Baby, melhor ser o que você sonhou.

Agora não se importe com que os outros pensam de você
Julgar não vai te fazer forte
Aprenda e siga em frente
E não diga, não diga nada!
Track Name: Viés
(Jajá Cardoso)

Parece mas não é
Eu tento disfarçar
Acho que você nem se liga, nem imagina
O quanto eu tento aproximar
Para suprir injetar nas minhas veias o teu mel
Fazer minha cabeça

Ah... Pare, pense, sinta, veja, olhe, observe
Eu quero ver se você percebe
Vou ficar a esperar se você vai notar
Que eu digo teu nome
E te falo o que penso sem precisar explicar

Vivo, vislumbro e analiso
Eu gosto de você
És a minha vilã, o meu vício vital
Eu gosto mesmo de você

Tu és tão bela quanto sagaz
Vai entender o que digo
Vai entender que não é dessas paixões de novela
É um amor libertino, pura atração daquelas
De confundir minha cabeça, de deixar sem jeito
De me esmagar o peito

Oh... Pare, pense, sinta, veja, olhe, observe
Eu quero ver se você percebe essa minha paixão subliminar
E o seu prêmio será melhor do que tudo isso
Que falei e que só faz sentido exclusivamente pra você

Eu vivo, vislumbro e analiso
Eu gosto de você
És a minha vilã, o meu vício vital
Eu necessito de você
Track Name: Lado Ruim
(Jajá Cardoso)

É tão difícil compreender
Suas teorias de amor moderno
Que não existem para mim
Algum dia vou saber, mas agora nem há por que
Ainda guardo os meus clichês pra outro alguém

Eu acredito no amor que você nunca me deu
E um dia essa agonia vai acabar
Não precisa mais ligar, pra você não vou estar
Nem que sua irmã me peça pra eu atender

Vai dizer que estou em contradição
Mas é só lado bom do meu coração que me afasta de você
4:20 da manhã, eu ainda acordado
Esperando a droga do telefone tocar

Não suporto mais esperar
A cerveja e a TV já não querem mais me acompanhar
Sei... O meu dia acabou, não consigo adormecer
E nem sei a que horas vai amanhecer
Track Name: Hey! Hey!
(Jajá Cardoso/Luca Bori/Mamede Musser)

Eu acordei 7 horas da manhã
Recados no espelho e garrafas pelo chão
O rádio e a TV só falavam de um rapaz
Que estava enlouquecendo e queria dizer mais

Nada faz sentido
Estou perdido aqui!

Hey, hey! Eu não consigo controlar minha mente
Quero saber onde estou
As vezes acho que surtei
Me diga logo quem sou

Escute tudo que eu disser por que não estou de porre
Eu não sei mais o que fazer pra tentar me consertar
Não me encaixo em padrões ou elites sociais
Esse lugar me apavora e também te digo mais...

Está tudo girando
Quero fugir daqui!

Hey, hey! Eu não consigo controlar minha mente
Quero saber onde estou
As vezes acho que surtei
Me diga logo quem sou

Eu disse hey, hey! Eu não consigo controlar minha mente
Quero saber onde estou...
As vezes acho que surtei...
Me diga logo quem eu sou!
Track Name: Caindo na Estrada
(Mamede Musser)

Você me disse que não ia ficar
Mas eu achei que não iria tão longe
Em lugares fora do meu alcance
Algum dos males eu tentei evitar
Só que no way, não vou pedir outra chance
Já dei óbito a esse romance

E hoje eu sei o que dizer
Agora eu sei o que fazer

Só quero que teus planos não furem
Que a tua moto não te traga de volta
Se se arrepender

Agora os quadros ficam a me olhar
Doses, cigarros e um bilhete na estante
Yeah, na estante!
É que eu não quero mais me controlar
Beber a noite já não é o bastante
Eu precisava prever bem antes de tentar a sorte com você
Jogar os dados sem perder

Ok, agora pense um instante
Antes de vestir a sua roupa e então se aventurar por aí
Track Name: Rock Pub Baby
(Jajá Cardoso)

Eu tô cansado, desnorteado
Você me fez me desgastar
Como era o nome do lugar?
Estou tentando me lembrar
Também esqueci seu nome
Imagina se as paredes do pub pudessem falar?
Prefiro nem comentar...

Eu sei que você me quer
Eu sei o que você quer...
Rock’n’Roll, baby!

Eu tomo uma, eu tomo três
Você me esquenta outra vez
Traz a tequila, limão e sal
Vamos fazer um revival
Está todo mundo a conspirar
Estou tentando me esforçar
Tô nem ai pra teu nome
You rock me! I know you! Let’s go, I am rock you too!
Oh yeah! That’s cool!

Estou vendo tudo se duplicar
Minha cabeça vai estourar
Meus olhos queimam, de onde veio essa mulher?
Eu sei o que você quer...
Rock’n’Roll, baby!
Track Name: Lado Ruim Pt. II
(Jajá Cardoso)

Nada mais... Nada mais é igual
Acho graça do meu próprio infortúnio
Você também ri, mas não sei se não
Se é exatamente da mesma questão
Que falei de outra vez para apenas não ser tão piegas
Tudo bem você negar

Bem aqui desse lado
Talvez o lado errado pode estar certo pra você
Que então me partiu, sem chances de revidar
Me cansa e desperdiça o que eu tenho pra ter dar
Meu amor...

Nada mais! Nada mais a sentir
Nada mais a dizer, nada mais fazer
Bem aqui desse lado alguma coisa pulsa por você
Esse é o clichê que não canso de usar pra fazer você perceber
Você tem andado meio lerda, distraída, desligada da vida
Esses dias...

E eu tentei te salvar
Me consumi em rancor
Enfim ter seu amor!

Tudo aqui ruiu, estou de mãos atadas
Não posso mais voltar atrás
Não sei bem ao certo se vale a pena seguir a tua estrada e te amar...
Não me resta nada mais.
Track Name: Amor em Fúria
(Jajá Cardoso)

Eu descobri que meus esforços foram em vão
Não tive como evitar
Foi como subir escadas, tropeçar e descer rolando de volta
Exagerei, mas foi mais ou menos assim
Que me senti quando você me deixou

Fui cruel e inconseqüente
Ele não tinha nada a ver
Descarreguei a minha raiva ao menos não foi em você

Mas tudo tem um preço
Sei que não mereço mais nada de você
Só que a dor é ainda maior quando é em alguém que a gente gosta
Por isso eu agredi, foi só um detalhe se eu bebi

A culpada é você, me fez de idiota
Me acertou pelas costas
Mas apesar de tudo você é minha tetéia
E toda minha fúria foi apenas por amor
Entenda por favor

Desculpa se te assustei
Você nunca me viu assim
Vodka e raiva é uma mistura muito ruim
Me descontrolei, eu errei, mas até que me diverti!

Só que tudo tem um preço
Depois dessa eu não mereço mais nada de você
O meu rancor foi maior do que eu
Mas quem sabe depois você vai me agradecer
E eu vou pagar pra ver!
Esqueça foi ruim, já passou
Eu estava bêbado, louco, chapado, acabou!